Alguns me chamam de Laris.

reticente.

cemitério de expectativas.

Como sendo consideradas mortas as expectativas já gastas, o que sobrou do que seria teoricamente a minha vida é um grande oco, um vazio, um vale onde só se passa tédio, saudade, nostalgia, tristeza e muitas vezes aquela dose certeira de solidão, tudo anda assim, eu ando assim, a vida ta sem graça de viver, e existir ta cada vez mais desgastante, os "amanhãs" se tornando hoje, logo ontem, da pior forma possível e eu nem posso mudar um mínimo de tudo isso, e sim, ainda rolam umas risadas com as amigas, um desligamento de toda essa confusão mas é como uma droga, o efeito é muito bom mas uma hora passa e toda aquela depressão volta, é exatamente assim que esta o meu último golpe de mestre "esperar coisas melhores no ano novo", e sabe o que é o pior? A culpa desse sofrimento não ser minha e eu não poder nem dizer que o culpado é devidamente culpado pois sou julgada má, insensível entre outros que seguem essa linha, nem vou dizer que a situação esta difícil porque vai muito além disso, vai além do que eu possa prever, imaginar, supor, por isso amo o passado que pode ser julgado, visto, amado, odiado, sentido, quanto que o futuro é incerto, inesperado, intimidador, te ilude, te muda, te mata.

Followers

Ocorreu um erro neste gadget

past...

Tecnologia do Blogger.