Alguns me chamam de Laris.

reticente.

Melhoras a estabilidade.

E como se lida com o fato de um pedaço seu estar se desintegrando? Pouco a pouco as coisas não são mais as mesmas, talvez fosse mesmo inevitável, mas e quanto a possibilidade que sobra de ter um bocado de culpa minha nisso tudo? Isso destrói qualquer tipo de conformismo ou calmaria que eu deveria ter, porém, pra mim é impossível! Eu não quero mais um fim, não quero mais um adeus, não quero mais as "famosas ultimas palavras", não quero que seja mais uma página virada, foram risos, foram lágrimas, obstáculos superados, foi tudo, um "tudo" tão vivo, tão real e necessário pra mim, e, é, pode ter sido isso, intensidade demais gasta muito cedo, e agora interrompendo minhas interrogações em meio as exclamações existem minhas preces pra que essa solidão pare de se aproximar a cada minuto, que algo breque essa distância de pensamentos e dê partida novamente como naquele tempo em que as coisas eram azuis.

Followers

Ocorreu um erro neste gadget

past...

Tecnologia do Blogger.