Alguns me chamam de Laris.

reticente.

misto de negatividades.

É, meu pai foi demitido como eu já previa é a desgraça mínima que um dependente químico (em linguagem popular: drogado) que tem carteira de trabalho ganha (ou melhor, perde, porque né) e se fosse só ele a se prejudicar minha frieza para com ele não me faria sofrer tanto, mais eu dependo dele como ele depende das droguinhas malditas, falando assim soa como se eu fosse má pessoa e blabla, mais a minha relação com ele nunca foi boa, parece que desde sempre eu já sentia o quanto ele iria tumultuar negativamente a minha vida e a da minha mãe, falando nela que por sinal me gerou decepções imensas nesses últimos dias sendo omissa, e jogando na fé o que cabe a ela dar um fim e se levantar, sair dessa vida mediócre e se tornar alguém melhor, mais não... ela deposita em crenças religiosas o seu pretexto, as suas desculpas, porque pra mim a religião esta de serventia pra ela nesse momento pra acobertar a covardia que a domina, fico entre a pena e a raiva, e quanto a mim, tropecei novamente em erros que jurei nem passar perto, me senti e me sinto mal por isso me culpo por cada pequeno fracasso (justamente) minha cabeça esta um turbilhão de perguntas, de vontades, de saudades, de pessoas... não consigo pensar direito, não me sinto bem agora, e tudo tende a piorar, daqui 1 ou 2 dias minha internet vai ser suspensa e eu não sei até quando , escrevo agora entre lágrimas engasgadas esperando por um alívio que não chega, esperando por uma vida ainda não vivida , aqui é o único lugar onde posso me expressar sem ser julgada, aqui é onde eu me distraio da realidade conturbada que eu vivo e me sinto mais perto da realidade dos meus sonhos, espero que tudo isso passe logo, espero ter de volta a minha estabilidade na escola e aqui na internet, vou sentir falta de tudo isso ... vou sentir falta do meu mundo.

Followers

Ocorreu um erro neste gadget

past...

Tecnologia do Blogger.